A iniciativa, pioneira no Brasil, garantirá escolarização aos adolescentes, com as diretrizes do Sinase.

Os gestores da Secretaria de Educação (SEE) e Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), Aberson Carvalho e Mario César Freitas, assinaram nesta segunda-feira, 2, um termo de cooperação que tem como finalidade disponibilizar profissionais da Educação e vagas em escolas regulares, integrais e profissionalizantes para os jovens que estão inscritos no programa de Semiliberdade.

A iniciativa, pioneira no Brasil, garantirá escolarização aos adolescentes, com as diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Neste primeiro momento, serão contemplados os municípios de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Brasileia, além da capital Rio Branco.