SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE DO ACRE 

notícias

da

educação

SEE explica as principais mudanças do Enem

ENEM2-1-450x450

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 iniciaram nesta segunda-feira, 8, e encerram já no dia 19 deste mês.  Para fazer a inscrição é necessário acessar o site do Instituto Nacional de Pesquisas Institucionais (Inep) http://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial

A edição desse ano conta com várias mudanças e o secretario de Educação do Acre, Marco Brandão, explica quais foram as principais alterações feitas pelo Ministério da Educação (MEC).

 A principal delas é a mudança dos dias de provas. Este ano, serão aplicadas em dois domingos consecutivos (5 e 12 de novembro) – antes os testes eram realizados em um único fim de semana (sábado e domingo).

Outra mudança significativa do exame é relativa à redação, que passa a ser no primeiro dia de prova, junto com as áreas de Linguagem, Código e suas Tecnologias, e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

“As novas regras buscam atender as opiniões coletadas durante a consulta pública sobre o exame, realizada pelo MEC no início do ano. Além disso, as novas medidas visam aumentar a segurança das provas”, explica Brandão.

Certificado de ensino médio

Além da modificação da ordem de aplicação das áreas do conhecimento, outra que chamou atenção é referente ao certificado de conclusão de ensino médio. A partir deste ano não existe mais a possibilidade de obter a certificação por meio do Enem.

Agora o estudante interessado em conseguir a certidão terá que fazer o Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), que é o teste adequado para esse fim.

Atendimento Especial

Para os candidatos com necessidades especiais, também houve reforma. Nesta edição, as pessoas que precisam de tempo adicional para fazer as provas devem solicitar as horas extras no ato da inscrição, e não mais na hora da prova, como era anteriormente.

Além disso, os solicitantes devem anexar documento que comprove os motivos do pedido do benefício.

Taxa de Inscrição

Mais uma medida adotada é quanto ao valor da inscrição, que passou de R$ 68 para R$ 82 (reajuste de 20,58%).

Os pedidos de isenção também têm novas regras – agora quem solicitar terá que informar seu Número de Identificação Social (NIS) no ato da inscrição. A partir disso, o sistema fará a busca automática dos dados do requerente a partir da declaração do NIS.

Podem solicitar inscrição gratuita quem concluiu o ensino médio em escola pública e candidatos cadastrados no Cadastro Único (CadUnico), do Ministério de Desenvolvimento Social e Reforma Agrária, que identifica integrantes de famílias de baixa renda.

Também podem ser isentos cidadãos com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa e que tenham cursado o ensino médio inteiro em escola pública ou em escola privada com bolsa integral.

 

  • Pesar

    21 Set 2017 21:34 - Assessoria SEE

    Nota de Pesar

      A Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), por meio do secret [ ... ]

Conta